Quais tendências estão em alta para o e-commerce? | NTT DATA

16 08 2023

Quais tendências estão em alta para o e-commerce?

O uso da realidade aumentada e metaverso, a tecnologia responsiva e o omnichannel são tendências que as marcas devem explorar em suas lojas virtuais

Os fundamentos básicos do comércio não tiveram mudanças desde a antiguidade; no entanto, a venda de produtos sofreu uma grande transformação, especialmente no último século. Grandes corporações impulsionaram economias de escala, resultando no desenvolvimento de diversos formatos e canais de venda até chegarmos à era do comércio eletrônico (e-commerce), onde hoje é possível comprar desde meias até carros com um único clique.

Em 2020, todos nós testemunhamos como as circunstâncias globais desencadearam um entusiasmo sem precedentes pelo e-commerce e, embora as empresas não tenham parado de migrar para esse canal, uma estratégia de vendas on-line mal executada pode acabar sendo o algoz de empresas que não conhecem as tendências do mercado.

A mudança nos hábitos de consumo das pessoas fez com que muitas lojas físicas se tornassem subutilizadas. No último ano, vimos vários exemplos de cadeias de lojas fechando suas lojas devido à queda nos volumes de vendas. A principal tendência para resolver essa situação é vincular os ambientes físico e digital para aproveitar as vantagens de ambos. A realidade aumentada e o metaverso serão fundamentais para encontrar maneiras inovadoras de estimular o público e fazer com que ele se sinta confortável em qualquer formato.

Tecnologia responsiva e amplo catálogo on-line, as estratégias de e-commerce para atrair mais usuários

A partir do Hub de Comércio Digital da NTT DATA México, observamos que atualmente a funcionalidade representa um dos maiores desafios para muitas empresas on-line. A tendência é levar a parte tecnológica para uma base "tech headless" para o front store, o que, em outras palavras, significa ter uma tecnologia responsiva que permita que o e-commerce esteja presente em mais canais de uma forma mais ágil. Em outras palavras, o usuário pode acessar a Web ou o celular sem exigir um desenvolvimento sofisticado.

No âmbito da comunidade, muitas empresas buscam ter um catálogo extenso em suas plataformas digitais, superando o catálogo físico. As estratégias nessa tendência consistem em disponibilizar alguns produtos somente on-line para garantir mais usuários em suas lojas virtuais. Essa estratégia é muito mais comum no setor de varejo.

Os usuários exigem compras on-line ágeis e sem tantos cliques

Uma tendência muito importante no mercado é a omnicanalidade, para garantir um melhor atendimento. Por um lado, é necessário oferecer e garantir a entrega do produto, e por outro, simplificar a entrega do produto com menos etapas, políticas transparentes e segurança. A tendência de um fluxo ou experiência de compra com um clique (compra rápida) é bem evidente. Além disso, é muito importante adaptar os métodos de pagamento de acordo com o objetivo do negócio (métodos para pessoas sem conta bancária, grandes usuários digitais etc.).

As empresas que estão se preparando para lançar ou começar a desenvolver seu e-commerce devem se concentrar em uma estratégia que leve em conta essas tendências e esteja alinhada ao seu modelo de negócios, além de ter objetivos tangíveis e uma abordagem transparente de entrada no mercado, garantindo a sustentabilidade da tecnologia.

As empresas em um nível mais avançado de maturidade devem se concentrar em questões de inovação, como recursos tecnológicos que permitam a adição de funcionalidades phygital. Com o suporte de um grupo de especialistas com uma visão integral como a que temos no Hub de Comércio Digital da NTT DATA, as marcas podem criar experiências de realidade aumentada ou metaversos, entre muitas outras possibilidades, o que pode proporcionar a essas empresas uma vantagem competitiva inigualável.

O e-commerce continua sua trajetória ascendente no México, onde, de acordo com dados do Statista, haverá aproximadamente 52 milhões de compradores digitais em 2022. Esse canal de vendas, sem dúvida, continuará ganhando popularidade, mas é importante que os líderes de projetos de e-commerce não percam o foco no retorno sobre o investimento ao longo de todas as etapas de sua estratégia de negócios.

Não haverá mais projetos de tecnologia autônomos, os líderes exigirão uma estratégia bem pensada com resultados comerciais bem definidos e alinhados às tendências do mercado.

Siga o markethink e fique por dentro dos principais assuntos do setor.


Don't miss any updates

We’ll send you the latest insights from NTT Data straight to your inbox

Sign up to the newsletter

Related Insights

Como podemos ajudá-lo?

Entre em contato conosco