Operações autônomas: potencializando o crescimento estratégico dos negócios | NTT DATA

qui, 27, julho, 2023

Operações autônomas: potencializando o crescimento estratégico dos negócios

A era dos negócios digitais vem amadurecendo em um cenário acelerado de mudanças tecnológicas, no qual as organizações buscam continuamente maneiras de inovar para estar sempre à frente e aproveitar as oportunidades emergentes para impulsionar seu crescimento. De acordo com alguns analistas de negócios, 39% dos executivos seniores acreditam que dentro de uma década suas empresas somente serão economicamente viáveis se houver mudanças em seus modelos operacionais. Além disso, 69% dos executivos acreditam que seu modelo operacional não será capaz de se adaptar continuamente às mudanças no mercado e na conjuntura econômica.

Assim, as operações autônomas podem ser o próximo passo decisivo para impulsionar o crescimento sustentável e a vantagem competitiva. Esse conceito, até então revolucionário, aborda a forma como as empresas transformam radicalmente seus modelos operacionais, alavancando a automação responsável, os novos modelos operacionais digitais e as tecnologias emergentes, resultando em operações altamente disruptivas e focadas em um valor sustentável para os negócios. Dessa forma, é possível transformar a maneira como as organizações operam e se adaptam na era digital, automatizando seus processos de ponta a ponta.

O novo paradigma

Além de simplesmente otimizar os processos existentes, as operações autônomas levam as capacidades empresariais a um nível totalmente novo, permitindo que os sistemas tomem decisões informadas de forma independente. No entanto, essas operações devem ser conduzidas de maneira ética e sustentável, garantindo a automação responsável dos processos da empresa.

As organizações líderes em seus setores buscam avançar sua curva de crescimento e os negócios autônomos refletem esse período de "negócios pós-digitais". O termo "negócios autônomos", citado pelo Gartner, define a próxima onda de macromudança nos negócios, que vem ganhando força desde 2020 e continuará avançando durante esta década.

Como se trata de uma onda que está apenas no início, os esboços deste paradigma estão apenas emergindo e tomando forma, com possíveis mudanças no futuro. Além disso, é uma tendência que se cruza com outras que também estão transformando o paradigma dos negócios, como a sustentabilidade ambiental e a reglobalização. Por sua definição, estamos falando de um estilo de organização parcialmente controlado e operado principalmente por agentes de software que aprendem e fornecem serviços e produtos inteligentes.

Principais vantagens

A adoção de operações autônomas permite maior eficiência ao reduzir erros e diminuir o tempo de resposta. Ao mesmo tempo, permite que as empresas respondam com mais rapidez e precisão às mudanças das necessidades de diferentes mercados, contribuindo para uma experiência do cliente mais satisfatória e personalizada.

Além disso, a inovação contínua obtida pelas empresas a partir dessa abordagem proporciona uma melhor preparação para enfrentar interrupções, desafios e imprevistos, promovendo maior resiliência empresarial, o que aumenta a capacidade de manter a continuidade dos negócios.

Desafios e considerações

Embora as operações autônomas prometam benefícios significativos, elas também apresentam desafios importantes que as empresas deverão dar atenção especial. Por exemplo, a segurança e a privacidade dos dados são questões críticas que precisarão ser regulamentadas, pois as decisões autônomas são baseadas em um grande volume de informações sensíveis.

Outro desafio importante será a integração dessas automações à cultura organizacional. O treinamento da equipe para trabalhar em conjunto com sistemas inteligentes é um fator essencial para o sucesso da adoção, pois, embora sempre exista liderança e responsabilidade humanas, uma parte significativa das atividades de gestão e tomada de decisões será automatizada. Por exemplo, pode haver uma máquina inteligente operando como consultor digital para assuntos de compliance.

O futuro autônomo nas organizações

À medida que as tecnologias continuam avançando e as organizações adotam uma abordagem mais focada na automação, as operações autônomas se tornarão uma marca registrada dos negócios. É importante ressaltar que a evolução das organizações autônomas não será desumanizadora, porque, na verdade, o crescimento só será possível com o desenvolvimento e a valorização contínua dos talentos.

Atualmente, são poucas as empresas que trabalham 100% dessa forma. As que estão mais próximas são, por exemplo, as empresas de gestão de investimentos orientadas por inteligência artificial, nas quais os algoritmos fazem o "trabalho". Embora seja pouco provável que a maioria das organizações em praticamente todos os setores ultrapasse esse limiar em uma década ou mais, a transição gradual para isso será a maior transformação de tecnologia de negócios que os clientes, as empresas e os mercados já enfrentaram.

Os negócios autônomos são uma continuação dos negócios digitais, que focaram principalmente na reinvenção de produtos (por exemplo, consultores financeiros robôs ou a substituição de cigarros por vaporizadores). A fase de negócios digitais, por sua vez, veio após a fase de e-business. As operações autônomas não substituem as fases anteriores, que continuarão crescendo e agregando valor, porém serão baseadas nelas. É possível que, no futuro, a próxima fase seja a dos "negócios metaversos", eliminando as fronteiras entre pessoas e máquinas.

Abrindo caminho

Em resumo, as operações autônomas representam uma excelente oportunidade para as organizações alcançarem um novo nível de eficiência, inovação e competitividade. A chave para o sucesso está no planejamento e na gestão criteriosa da implementação, com base em uma relação sinérgica com a inteligência e o conhecimento humano.

As organizações que adotarem e adaptarem rapidamente seus modelos operacionais para incorporar essa evolução estarão mais bem posicionadas em seus respectivos setores para aproveitar o crescimento estratégico de longo prazo, abrindo caminho para um futuro mais autônomo e de sucesso.


How can we help you

Get in touch